Image Map

12 setembro 2013

Nem tão linda assim...

Ratifico o que muitos dizem por aí. Olinda é uma cidade encantadora. Se um dia puder, venha. É uma delícia caminhar por ladeiras e observar o casario antigo, com dezenas de ateliês abertos ao público, sentir a brisa que vem do mar e visitar os pontos mais conhecidos do Sítio Histórico da cidade.





Agora, que ninguém se iluda com propagandas de governos e certos veículos de comunicação. Há problemas.

Ora, mas em todas as cidades existem problemas! Sim, claro, é verdade.

A questão é que se tenta passar a imagem de que eles não existem. Que fique bem claro uma coisa: Ninguém está querendo "queimar o filme" da cidade. A intenção é denunciar, é expor que nem tudo é frevo e folia por aqui.


O Alto da Sé é ponto de visitação de turistas do mundo inteiro. E justiça seja feita, foram realizadas obras de revitalização do espaço que forma o conjunto do local (Igreja, Observatório Astronômico e praça) . Porém, há muita coisa deixada sem manutenção e consequentemente, os equipamentos quebram. 




Esse prédio da foto é a Caixa d´Água, uma das primeiras edificações modernistas em Pernambuco. Há dois anos, foi instalado um elevador para que o turista pudesse subir ao ponto máximo do prédio e de lá, observar todo o Sítio Histórico e outros locais. Porém, o equipamento está sem manutenção há meses. Isso faz com que o visitante tenha que subir pelas escadas. Escusado dizer que a maioria desiste da empreitada.

O Festival MIMO (Mostra Internacional de Música em Olinda) é um evento destinado principalmente à música erudita, com concertos, palestras, oficinas e mostras de cinema também. 




Uma das grandes propostas da MIMO foi movimentar a cidade em outra época do ano que não o carnaval, pois, quando passam-se os dias de folia, culturalmente falando, reina o marasmo, ficando a cargo de alguns grupos particulares, donos de ateliês e outros estabelecimentos algum tipo de movimentação cultural, como os Maracatus e outras manifestações de música e arte em geral.




Portanto, venha, sim. Venha que há muita coisa interessante para se ver, porém não se iluda, a coisa não é tão linda assim como querem vender por aí.

9 comentários:

  1. Acho legais as cidades do nordeste, mas não me interesso tanto em conhecer, não querendo desmerecer o post. Tem cada paisagem linda! Infelizmente, tbm tem esses outros probleminhas que ainda precisam se resolver.

    http://o-doce-mundo.blogspot.com.br/


    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Mais aí é que tá Laura. Independente de viajar pra conhecer qualquer lugar, de se interessar ou não, a intenção aqui foi justamente alertar para os cuidados que se deve ter com o espaço público. Seja ele aqui em Olinda, ou aí onde vc vive. Aquela velha história de cada um faz a sua parte, sabe? Tem tantos problemas que precisam ser resolvidos que um post, nem um blog daria conta de mostrar e denunciar. O lance aqui, foi, mostrar a partir de um exemplo de uma cidade turística como Olinda e outras, no resto do Brasil, que devemos ficar alertas ao que é feito com a nossa cidade, como a grana é empregada, como ela deveria ser gasta. Todos temos que ficar de olho, independente se moramos em Olinda ou em Caxias do Sul, Belém. Enfim... Obrigada pelo comentário e volte sempre ao UPDM!

      Excluir
  2. Sou louca para conhecer o interior do país, em especial Olinda. *--*
    Que horror os problemas que a cidade está passando, o governo é uma causa perdida né? Tantas coisas requerendo ajuda e nada.
    Aqui em BH ficamos indignados com o tanto de dinheiro gasto com a copa, dá uma dó tão grande eles destruindo obras que foram feitas para construir coisas mais modernas, enquanto os hospitais 0 em qualidade e recursos....
    Beijos. ♥

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é Leidiana, as nossas cidades recebem um tratamento muito aquém do que mereciam, o Brasil é um dos países que mais poderia atrair turistas no mundo e isso não acontece pq não há uma política séria de incentivo às atividades no setor. Embora a gente tenha cursos de Turismo e hotelaria nas faculdades, forme pessoal, mas tudo esbarra na falta de interesse de governos e em muitos outros problemas.
      Vc citou a Copa aí, eu vejo notícias de BH, assim como dos outros locais que vão sediar jogos do mundial. Em vários deles, construiu-se um estádio lindo, maravilhoso e caro, muito mais caro do que deveria ser. Mas e a condição de transportes? Segurança? Infra estrutura técnica para jornalistas do mundo inteiro virem aqui fazerem as transmissões e reportagens durante o campeonato? Já percebeu q muito pouco tem se falado nisso? Um evento desse não se faz apenas e somente com estádios. Estão gastando muito mais do que deveriam e o resultado é esse. Cidades que poderiam gerar emprego e renda para seus moradores, caindo aos pedaços.
      Obrigado por sua participação. Abraço!

      Excluir
  3. Adoro Pernambuco, ia muito quando criança! Adorei o texto, bom saber que nem tudo é como a gente pensa.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Então Simone, é mais um recado, como no post sobre a Pedra do Ingá. Aproveitando uma situação de um lugar específico pra chamar a atenção pra consciência de se valorizar e tomar conta se uma cidade em que a pessoa viva. Nesse caso, há um certo "Oba-oba" de mídia falando bobagem e, como eu falei, é legal sim, mas a gente não pode comprar gato por lebre.

      Excluir
  4. Em todo lugar eles aumentam tanto as coisas e quando vamos conhecer é aquele balde de água fria, não vamos generalizar né? Mas, ainda, em todo lugar, tem algo para se melhorar, um exemplo vivo disso é o meu Estado RJ, todo verão é aquele "auê" de carnaval, futebol, caipirinha... blá blá blá. Mas, ninguém conta que um turista todos os dias é enrolado por taxistas ou roubado na praia ou assim que chega ao aeroporto :/

    A cidade é linda, tanto Olinda quanto Rio de Janeiro, mas só quem vive nelas sabe por onde deve-se passar, se é que vc me entende, Leonardo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Claro, Ina. Em todos os lugares tem algo pra se melhorar. E por isso mesmo, por eu viver aqui e essa cidade ser colocada como patrimônio cultural, e o Carnaval e aquele negócio todo, foi que eu resolvi, a partir daqui, dar o toque pra aquele velho, mas muitas vezes ignorado papo de que as pessoas devem cuidar de seus locais, venho apontando problemas em lugares fantásticos, como da vez anterior, a Pedra do Ingá, que não deixa de ser maravilhoso por causa de toda a falta de infra e descaso. A mensagem é essa. Vamos cuidar e a partir de exemplos bem visíveis, e eu peguei um contexto no qual eu convivo pra chamar a atenção, pra que as pessoas despertem mais para o cuidado com seus lugares.

      Excluir
  5. Falar dos problemas de uma cidade não considero queimar o filme apenas tentar mostra a população que do jeito que está não dá e uma forma de tentar melhorar. A cidade parece ser bem agradável, principalmente pelo jeito que você falo dela deu vontade de conhece-lá.

    ResponderExcluir

- Comente sobre a publicação.
- Comentários desrespeitosos serão excluídos.
- É permitido deixar o link de seus blogs ou sites.
- Visitas a outros blogs serão feitas, quando possível, não insista.

Obrigada,volte sempre!

imagem-logo