Image Map

24 julho 2014

[Resenha] Intocáveis


Como estão, queridos leitores? E o final de semana? O meu foi descobridor, isto porque trocando de canal, assim começou um filme, chamado Intocáveis e estive pensando em qual filme para resenhar, então, porque não esse? Vejam porque eu o escolhi.



Philippe (François Cluzet) é um aristocrata rico que, após sofrer um grave acidente, fica tetraplégico. Precisando de um assistente, ele decide contratar Driss (Omar Sy), um jovem problemático que não tem a menor experiência em cuidar de pessoas no seu estado. Aos poucos ele aprende a função, apesar das diversas gafes que comete. Philippe, por sua vez, se afeiçoa cada vez mais a Driss por ele não tratá-lo como um pobre coitado. Aos poucos a amizade entre eles se estabelece, com cada um conhecendo melhor o mundo do outro. (Fonte: Adoro Cinema)

O filme de origem francesa deu o que falar na época, lançado em 2011, tornou-se o segundo maior sucesso da bilheteria do país. Ao ver o trailer fiquei bastante curiosa e porque não um pouco intrigada, fiquei com algumas dúvidas em mente, será que é só mais um filme que fala de superação? Será uma amizade verdadeira? De que tipo? Como você pode perceber eu questiono muito sobre filmes, isso porque não sou fã de clichê.

E as minhas respostas após assistir ao filme foram, não, sim e do tipo sem bajulações. De fato, eu estava esperando algo do tipo história triste, que faz você ficar com peso na consciência e pensar sobre os seus atos, mas ao invés de lágrimas o filme me trouxe sorrisos e muitos. Está louca, Ina? Prometo que não. A relação entre os personagens Driss e Philippe deixa a todos meio confuso sem acreditar, mas o enredo deixa tudo leve e descontraído, não consegue enxergar um homem rico com deficiência e um homem desafortunado com uma vida difícil, a única coisa que se enxerga são dois homens, unidos por um “acaso” e que modificam o seu futuro.

O que me surpreendeu foi em saber que a história é baseada em fatos reais, sim meus camaradas.



Esses acima são os verdadeiros Driss e Philippe. Logo posso dizer que o filme Intocáveis conseguiu uns bons pontinhos comigo. E você já viu?


4 comentários:

  1. Muito bacana a sua postura ''crítica'' em relação a filmes. Como estudante da área, acabo sendo obrigada a adotar uma postura mais crítica (ainda estou aprendendo, ok?). Hahaha. Ótima postagem! O meu pai comentou comigo sobre esse filme, e agora estou com mais vontade de assistir. Adoro filmes que elevam o meu astral, me fazem refletir sobre a vida, atitudes, ponto de vista, e por aí vai.
    Beijos querida
    http://baudalina.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom que gostou, muito acham que é chatice mesmo, mas eu sou muito difícil para gostar de um filme. Mas, sei reconhecer quando um é bom e vale a indicação.

      Excluir
  2. Adorei a sua crítica sobre o filme,e preciso comentar que ele é maravilhoso,assisti duas vezes essa semana!!!. Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Gostou né? Esse sim vale a pena repetir!

      Excluir

- Comente sobre a publicação.
- Comentários desrespeitosos serão excluídos.
- É permitido deixar o link de seus blogs ou sites.
- Visitas a outros blogs serão feitas, quando possível, não insista.

Obrigada,volte sempre!

imagem-logo